Minerva

Centro Nacional de Biologia Estrutural e Bioimagem

Centro Nacional de Biologia Estrutural e Bioimagem

Infraestrutura da Unidade de Imageamento de Pequenos Animais

Inaugurado em maio de 2010, a unidade II do CENABIO ocupa em prédio próprio uma área 600 m2, suficiente para acomodar toda a infraestrutura de equipamentos para imageamento de animais inteiros, além biotérios e salas para o estudo de comportamento animal. A unidade conta ainda com equipamentos para cultura de células, de citometria de fluxo e High Content Screening. 

QUADRADINHO AZUL  PLATAFORMAS DA UNIDADE II

    hotizontal 400
RESSONACIA   QUADRADINHO AZUL  Ressonância magnética
Ressonância magnética (RM) Varian/ Agilent de 7.0 Tesla (T) equipado com um sistema de gradientes de alto desempenho, permitindo o estabelecimento de protocolos de aquisição de imagens anatômicas de alta resolução de pequenos animais. Suas principais aplicações estão relacionadas à morfologia e função do sistema nervoso central, cardíaca ou abdominal e estudos angiográficos, além de possibilitar a caracterização de biomarcadores anatômicos e funcionais de diversas patologias a estes sistemas relacionados.

     
IVIS   QUADRADINHO AZUL  Plataforma de Luminescência e Fluorescência (IVIS-Lumina)
Sistema de detecção in vivo e in vitro de bioluminescência e fluorescência, que permite a visualização de células marcadas com enzimas (luciferase) que ativam moléculas luminescentes, como a luciferina, ou com molécula fluorescente tal como GFP (“Green fluorescence protein”). A marcação de patógenos ou células permite seguir o trajeto destes quando injetados em animais inteiros e acompanhar a intensidade ou viabilidade dos mesmos de maneira longitudinal. Diversos estudos no campo das doenças infecciosas, da oncologia e das terapias celulares são beneficiados por este tipo de metodologia.
     
Ultrassonografia   QUADRADINHO AZUL  Plataforma de Ultrassonografia - VEVO
Os Aparelhos disponíveis de ultrassom são especialmente desenhados para obter imagens de pequenos animais. Um deles (VisualSonics) obtém imagens em alta resolução e pode ser utilizado para realizar micro injeções em órgãos internos. A resolução do equipamento permite a visualização de estruturas separadas por até 30 mm. Com estes equipamentos é possível visualizar o desenvolvimento embrionário de camundongos, podendo observar o coração, fígado, rins, dentre outros.
     
PET SPECT CT   QUADRADINHO AZUL  Plataforma de PET/SPECT/microCT
É capaz de gerar imagens funcionais em três dimensões de órgãos, sistemas ou mesmo de todo o corpo. O sistema detecta raios gama emitidos indiretamente a partir da emissão de um pósitron oriundo de um radionuclídeo (no caso do PET) ou fóton (no caso do SPECT) o qual é injetado no corpo em conjunto com uma molécula biologicamente ativa. Este sistema possibilita a junção de imagens funcionais e anatômicas permitindo a visualização de processos metabólicos diversos em alta resolução. Este equipamento (SPECT/PET/CT) permite a realização dos exames de imagem nuclear com isótopos emissores de raios gama, como o Iodo123, Iodo131, Tecnécio99m e o Galio-citrato68, bem como, com radioisótopos emissores de pósitrons, como o carbono (C-11), nitrogênio (N-13), oxigênio (O-15) e flúor (F—18). Estas características possibilitam a marcação de diversas moléculas que participam de processos metabólicos chaves, como dopamina, glicose e aminoácidos, dentre outros.
     
PLATAFORMA DE HCA   QUADRADINHO AZUL  Plataforma de High Content/throughput Analysis
Plataforma automatizada composta pelos pipetadores JANUS Varispan e JANUS MDT (Perkin Elmer) e pelo microscópio de fluorescência ImageXpress Micro (Molecular Devices). O sistema de manipulação de líquidos possui dois pipetadores: JANUS Varispan (capaz de pipetar até 1 ml com 4 ponteiras independentes) e Janus MDT (capaz de pipetar até 235 ml com uma cabeça modular de 96 ponteiras para alimentar microplacas de 96, 384 ou 1.536 poços). Estes pipetadores dispõem de um sistema de alimentação automático com capacidade para 50 microplacas. Ainda estes equipamentos se encontram dentro de fluxo de pressão positiva o que garante um ambiente adequado.

 

     
CITOMETRIA   QUADRADINHO AZUL  Plataforma de citometria de fluxo e cell sorting
Instrumento: Fluxo laminar vertical, Pachane.
O citômetro de fluxo realiza análise individual de células em suspensão por meio da caracterização imunofenotípica e funcional, sendo possível avaliar 11 parâmetros simultaneamente. Além disso, a plataforma possui um sistema de cell sorting que permite a separação celular de acordo com a expressão de marcadores específicos, possibilitando isolar populações celulares ou células individuais com alta eficiência, rendimento e pureza em um ambiente estéril.

 

     
Minerva


Av. Carlos Chagas Filho, 373 - Centro de Ciências da Saúde - CCS - Bloco M - CENABIO
Cidade Universitária - Rio de Janeiro, RJ - CEP 21941-902
Telefone: +55 (21) 2590-6916 - +55 (21) 3105-1041

Ouvidoria UFRJ Acesso a informação

Desenvolvido por:

CoordCom/UFRJ TIC/UFRJ